I Seminário de Perícias debate importância do corretor se capacitar

Natal (84) 4008.0002
Whatsapp (84) 98159.1039
Mossoró (84) 3314.5653

I Seminário de Perícias debate importância do corretor se capacitar

Pensando na capacitação dos corretores de imóveis do estado que o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do RN (Creci-RN) promoveu na última quinta-feira (21), o I Seminário de Perícias para corretores de imóveis. A iniciativa reuniu no auditório da instituição a diretoria da instituição, corpo técnico e participantes.

O presidente do Creci-RN, Waldemir Bezerra, deu as boas vindas aos presentes e, em suas palavras, justificou a necessidade de os corretores do Rio Grande do Norte adquirirem conhecimentos em áreas próximas de atuação. “O corretor de imóveis é o profissional habilitado para lidar com imóveis, portanto, nada mais justo que o profissional corretor possa conquistar outros espaços, como a perícia imobiliária e lucrar com isso”, enfatizou o presidente.

O evento foi iniciado com a palestra “Lucrando com avaliação de imóveis e perícias” proferida pelo professor universitário, perito avaliador, escritor, Frederico Mendonça. De acordo com o palestrante, o número de corretores peritos avaliadores resultam de uma crescente nos últimos anos, apesar de o número ser ainda insuficiente no mercado que atualmente conta com mais de 26 mil peritos, quando que deveriam ter mais de 100 mil. “Existem profissionais espalhados pelo Brasil que vivem de avaliações e perícias e essa atividade possibilita que os corretores possam usufruir de proventos mesmo num período de recessão de mercado”, comentou Mendonça.

Na programação do evento, também foram abordadas as palestra sobre “Instrução técnica para avaliações e perícias” apresentada pelo presidente do Creci-SP, José Augusto Viana e “O corretor de imóveis como avaliador e perito judicial”, ministrada pelo perito avaliador, engenheiro civil e vice-presidente de Avaliação Imobiliária do Cofeci, Luis Barcellos.

O I Seminário de Perícias contou ainda com a exposição da chefe do setor de Perícias do Tribunal de Justiça do RN, Rosa Judith de Medeiros que falou a respeito do tema: “Inovação na gestão de perícias judiciais”. Segundo a palestrante, o cenário de perícias no estado acompanhou a mudança tecnológica, atualmente, o sistema do TJ escolhe o perito, todavia, ainda existem poucos corretores aptos para executar essa função.

O evento encerrou-se com uma mesa redonda onde foram debatidos os assuntos do dia com os palestrantes e membros do Conselho.